07.09.2017

os ‘paninhos’ DE ADRIANA

Ela é uma caixinha de surpresas!

Adriana Lerner Adelson chegou na Dona Coisa como tanta gente chega e fui descobrindo a pessoa multifacetada que ela é. Esta carioca que mora em Miami há 20 anos deixou para trás uma carreira internacional, bem-sucedida na área corporativa, e inventou uma ‘nova vida’, como ela mesma define.

Apaixonada por viagens, em uma delas conheceu uma pequena fábrica de xales feitos manualmente com puro cashmere, em Katmandu, no Nepal. Fez uma parceria com os artesãos locais e eles executam desde 2015 o que ela cria. Através dos xales mostra a riqueza e a tradição da cultura têxtil nepalesa e ainda colabora para a economia da região.

Considero um trabalho artístico e tem tudo a ver com a proposta da Dona Coisa, que sempre busca o que é muito bom, atemporal, único e exclusivo. Ela também reconheceu na loja o seu point, o que acho maravilhoso! A gente não pretende só vender um produto, mas uma ideia, uma história.

Quem quer comprar no Rio de Janeiro um lindo xale de cashmere legítimo encontra algo precioso, não só em cores bem diversificadas como também em estampas inspiradas no céu, nas nuvens… com texturas leves e macias.

A gente entendeu que o trabalho dela merecia um destaque maior, e em agosto do ano passado Adriana montou a mega expo “Unexpected Cashmere”, na Dona Coisa. Transformou a loja numa espécie de avião. Foi um sucesso! Ela conseguiu se reinventar fazendo algo tão diferente de sua vida anterior.

Acho bacana mostrar para mais gente, através do blog, o seu trabalho que se estende nos cabides e nas embalagens, estas feitas de saquinhos com texto bem-humorado com indicações de uso, como uma bula. Ela chama de snug facts e cada saquinho faz parte do produto: Se emprestado pode ser que nunca seja devolvido. Atenção: o uso pode seduzir outros. Não tem data de validade. Sem sabor artificial. No caso de overdose, relaxa e aproveita…

Sou uma pessoa que não sai na rua sem um ‘paninho’, em qualquer estação do ano.  É confortável, bonito, chique e não sai de moda. No verão, aqui, os restaurantes e cinemas são gelados e o paninho sempre me salva, em alto estilo. Agora, ela fez um que adoro, preto com franjas. Fica completamente diferente do preto normal.

Dá vontade de colecionar. Por isso, digo que vicia!!!

Comente pelo Facebook
Comente pelo blog
  1. Vera balteiro
    em 08 de setembro de 2017 - 07h56

    Roberta,do jeito que você fala,ninguém mais vai conseguir viver sem um “paninho”ainda mais estes da Adriana que são “sedutores”eu diria.Tudo na D.Coisa é assim:Divino.
    Parabéns
    Sucesso,sempre.

    • Adriana Lerner
      em 08 de setembro de 2017 - 09h46

      Minha dedicacao a Dona Coisa vem do amor e agradecimento que tenho a esta parceria! Sempre deliciosas trocas. Roberta me convencendo a fazer novos modelos em preto e a Arrivals Gate colocando pink na arara da Dona Coisa 🙂

Voltar para o Topo