15.06.2017

espelho MEU

Para comemorar dez anos da Dona Coisa tive o desejo de criar uma marca própria. Assim nasceu, em setembro de 2015, a Nº Dez, que pretendo que seja reflexo da minha personalidade, com roupas que uso ou que adoraria usar se ficassem bem no meu corpo. Digo isso, pois admiro também modelos que não uso, mas sei que podem ficar bem em outras mulheres.

Depois de 11 anos e meio rodeada por tantas roupas especiais tenho a noção ainda mais definida do que realmente me encanta, e é uma felicidade conquistar cada vez mais pessoas que se reconhecem no que propomos. Isso me animou a fazer um trabalho ainda maior ligado ao que amo tanto, que é a moda.

É um novo negócio que aprendo aos poucos. Meu olhar estava treinado só para o produto final, agora eu o exercito para esta outra experiência. Dirijo a criação das coleções e também convido estilistas com um viés autoral. Como me envolvo desde a compra do tecido até a peça pronta percebo melhor a linguagem que existe na roupa. Provo as peças pelo prazer de sentir as modelagens, o conforto, as texturas, as sutilezas dos detalhes. E pela mania de tentar chegar mais perto da perfeição. Faz parte da minha natureza.

Na época do lançamento da Nº Dez, Marcia Cabral, que além de amiga é uma designer gráfica que tanto admiro e trabalhamos juntas há oito anos, trouxe três estudos de logomarca. A que tinha uma diferença de cor sugerindo a palavra nudez foi a que escolhi, imediatamente. Faz todo sentido!

Destaco no outono-inverno 2017, a linha de smoking. Um dos meus sonhos era ter um smoking do Saint Laurent, fica aqui minha ‘homenagem particular’ a ele. Gosto muito porque representa a festa atemporal na qual acreditamos: chique e simples ao mesmo tempo. A série de poucas peças – calça, jaqueta, macacão, vestido-colete -, em preto e branco, é assinada por Mareu Nitschke, cada vez mais parceiro e que traz nova informalidade.

Agora posso confessar: quando comecei a estruturar a Nº Dez, ao mesmo tempo começava a reformar o café da loja. Todos diziam que era o momento para ficarmos quietos. Não fiquei. E me dividia entre os dois projetos tão opostos. Tinha hora que não ousava contar tudo o que estava fazendo, era muita coisa ao mesmo tempo. Só sei que faria tudo de novo. Percebo agora que não sei viver sem criar novidades, e quando quero alguma coisa vou ao encontro dela. Não consigo resistir!

Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Liza S para Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Nº DEZ INVERNO 2017
Comente pelo Facebook
Comente pelo blog
  1. em 16 de junho de 2017 - 09h52

    Thanks, great article.

  2. Babi Gouvêa
    em 23 de junho de 2017 - 02h31

Voltar para o Topo